A Amazônia deu um show em Veneza

Era uma vez um macaco-prego chamado Kong, nascido e criado em cativeiro. Um dia ele sobreviveu a um acidente de avião e ficou livre na floresta amazônica… Conto de criança? Desenho animado? Nada disso. Trata-se de um filme gravado realmente na Amazônia, com animais de verdade, sem fala e sem seres humanos, e mais, totalmente realizado em 3D.

amazonia film

Amazônia – Planeta verde” estreou no Festival Internacional de Cinema de Veneza, que aconteceu de 28 agosto a 7 setembro. Exibido no último dia do evento, o filme é uma coprodução entre Brasil e França e foi dirigido pelo francês Thierry Ragobert, que trabalhou 12 anos com o documentarista e oceanógrafo Jacques Cousteau.

O longa – rodado entre 2011 e 2013 – acompanha a luta pela sobrevivência do pequeno Kong no ambiente fantástico, mas perigoso, da Amazônia. No percurso ele desvenda a fauna e a flora da floresta em imagens tridimensionais impressionantes.

Despreparado, o macaquinho se sente impotente com a sua liberdade súbita. Diante do novo mundo, Kong tem que se proteger das armadilhas da natureza e logo entende que encontrar outros macacos-prego pode ser sua única esperança de sobrevivência.

“É um filme de entretenimento e aventura para crianças e famílias, mas tem uma percepção sobre o nosso planeta, a biodiversidade, o ecossistema”, destaca Thierry Ragobert.

A previsão de lançamento no Brasil é para o primeiro semestre de 2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s